Foto: leesean/New York

Leiloado em 7 de abril, o trecho da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) entre Caetité e o porto de Ilhéus, no sul da Bahia, teve seu contrato assinado na sexta-feira, em cerimônia realizada em Tanhaçu, a sudoeste de Salvador, com a presença do presidente Jair Bolsonaro. Vencedora do leilão, a Bahia Mineração (Bamin) vai investir R$ 3,3 bilhões na linha, de 537 quilômetros.

A expectativa é que o trecho comece a operar em 2025, transportando mais de 18 milhões de toneladas de carga. Por essa ocasião, 16 locomotivas e 1,4 mil vagões estarão em operação, entre os quais ao menos 1,1 mil se destinarão ao escoamento de minério de ferro. Em dez anos, o volume de carga deve mais do que dobrar, superando os 50 milhões de toneladas em 2035 e movimentando 34 locomotivas e 2,6 mil vagões.

No futuro, a Fiol se conectará com a Ferrovia Norte-Sul, já em operação. Nesse ponto haverá conexão com a Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico), cujas obras terão início este mês. Dessa forma, será criado um eixo conectando tanto a área produtora de grãos do centro de Mato Grosso quanto a região de Barreiras, na Bahia, ao porto de Ilhéus.

“A Ferrovia de Integração do Centro-Oeste, que começa em Mato Grosso, vai conectar-se com a Ferrovia Integração do Oeste-Leste, aqui na Bahia. A gente vai ver a carga do Centro-Oeste saindo pelo porto de Ilhéus. Isso é o futuro”, comemorou o ministro Tarcísio de Freitas no evento. Quando estiver totalmente concluída, a Fiol será um corredor de escoamento de 1.527 quilômetros entre Ilhéus e Figueirópolis, em Tocantins.

O segundo trecho da ferrovia entre Caetité e Barreiras, com 485 quilômetros de extensão, tem obras em andamento a cargo de um Batalhão de Engenharia e Construção do Exército, que já concluiu uma ponte sobre o rio São Francisco de 2.800 metros de extensão.

Até o fim do ano devem chegar os trilhos importados pela Vale como parte do pagamento da outorga pela renovação das concessões de suas ferrovias (EFVM e Carajás). O terceiro trecho da Fiol, entre Barreiras e Figueirópolis, com 505 quilômetros, aguarda licença de instalação.

Obras da Fico

O ministro Tarcísio de Freitas estará presente na cerimônia de instalação do canteiro de obras da Fico, no próximo dia 17, em Mara Rosa (GO). As obras começam na conexão com a Ferrovia Norte-Sul e seguem em direção ao município de Água Boa (MT).


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.