Dep. Marcelo Freixo (PSB-RJ). Foto: Claudio Andrade/Câmara dos Deputados

A pesquisa Exame/Ideia Big Data divulgada nesta sexta-feira (27) sobre a disputa de 2022 ao Palácio Guanabara também mostra um cenário de equilíbrio. O deputado federal Marcelo Freixo, que recentemente trocou o PSOL pelo PSB e sonha em construir uma frente de esquerda antibolsonarista, aparece com 22% das intenções de voto. O governador Cláudio Castro (PL), que será o candidato do presidente Jair Bolsonaro, tem 21%.

Um pouco abaixo de Freixo e Castro, que estão tecnicamente empatados, está o prefeito do Rio de Janeiro (RJ), Eduardo Paes (PSD), com 16%. No entanto, Paes não deve ser candidato. Ele deve lançar o presidente da OAB, Felipe Santa Cruz, pelo PSD. O ex-prefeito de Niterói Rodrigo Neves (PDT) aparece com 7%. Chama atenção o elevado percentual de eleitores “sem candidato” (brancos, nulos e indecisos), que somam 31%.

A tendência hoje é uma disputa em dois turnos entre Marcelo Freixo e Cláudio Castro, polarizando a disputa entre o bolsonarismo e o antibolsonarismo. No entanto, esse cenário não é definitivo. Nas últimas semanas, por exemplo, têm surgido movimentações no PRTB em favor de uma candidatura do vice-presidente da República, Hamilton Mourão, ao governo do RJ.

De acordo com o Ideia Big Data, o governo Cláudio Castro é avaliado positivamente por 22% dos eleitores. O índice regular soma 35%. E a avaliação negativa (ruim/péssima) é de 34%.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.