Foto: Mercedes-Benz/Divulgação

A Mercedes-Benz confirmou nesta quarta-feira (18/8) um acordo para a venda da fábrica de Iracemápolis, no interior de São Paulo, para uma das maiores fabricantes de veículos da China a Great Wall.

A montadora divulgou uma nota para informar que a empresa chinesa adquiriu o terreno de 1,2 milhão de metros quadrados, juntamente com os prédios e equipamentos de produção. Não foi informado o valor da venda.

A Great Wall ainda não se pronunciou e não há detalhes, ainda, de quais tipos de carros a Great Wall produzirá no Brasil. A Mercedes-Benz, assim como a Audi, interrompeu a produção de automóveis no Brasil em dezembro sob a alegação de que a unidade de Iracemápolis não comportava os próximos sistemas de produção de veículos da marca, que passarão a ser todos elétricos ou híbridos.

Segundo a montadora disse na ocasião, para acompanhar o ritmo de desenvolvimento tecnológico das futuras gerações de veículos, a fábrica brasileira teria que receber um volume significativo de investimentos, que não se justificam levando em conta o atual volume de produção.

Inaugurada há pouco mais de quatro anos, a fábrica de Iracemápolis tinha 370 empregados, que entraram em sistema de demissão voluntária quando a unidade fechou.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.