José Serra é diagnosticado com Parkinson e pede licença no Senado
Foto: José Serra/Instagram

O senador José Serra (PSDB-SP), 79, foi diagnosticado com a doença de Parkinson e irá se licenciar do cargo de senador pelos próximos quatro meses para tratamento médico. A informação foi divulgada nesta terça-feira (10) por meio das redes sociais do senador.

Segundo a nota publicada no perfil do político no Twitter, “Serra foi diagnosticado com doença de Parkinson em estágio inicial, o que requer um período de adaptação à medicação, que também vai tratar do seu distúrbio do sono”.

O parlamentar encontra-se em bom estado de saúde, mas optou pelo afastamento para que seu suplente, José Aníbal, possa assumir, sem deixar a cadeira de senador por São Paulo em vacância durante o período do tratamento. “A decisão também evitará eventuais paralisações no andamento dos projetos em favor do país”, afirma a declaração.

O senador, que já aprovou 26 projetos no Senado – dos quais, 11 já viraram lei -, e tem mais 47 propostas aguardando votação no Senado e 16 na Câmara

José Serra foi eleito senador pelo PSDB no estado de São Paulo em 2015 e tem mandato até 2013. Além de atuar como senador, Serra foi ministro da Saúde de 1998 a 2002, no governo Fernando Henrique Cardoso.

O suplente de Serra, José Aníbal, foi deputado federal durante cinco mandatos (1993, 1994, 1998, 2006 e 2010) e também já atuou como vereador na cidade de São Paulo.


Cliente Arko fica sabendo primeiro

Assine o Arko Private, serviço Arko para pessoa física, e tenha acesso exclusivo a um canal privado de interatividade e alertas em tempo real, além de relatórios, Lives Exclusivas e eventos especiais com figuras notáveis da nossa rede de contatos.