O ministro da Advocacia Geral da União, André Mendonça. Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro oficializou a indicação de André Mendonça para o Supremo Tribunal Federal na vaga de Marco Aurélio Mello, aposentado por idade na última segunda-feira (12).

A indicação foi publicada no diário oficial desta terça (13). No entanto, para assumir o cargo, Mendonça ainda terá que se submeter a uma sabatina no Senado Federal e sua indicação será votada no plenário e precisará da maioria dos votos dos 81 senadores para poder ocupar o cargo de ministro.

Após a publicação, André Mendonça publicou uma nota agradecendo a indicação e afirmou que se coloca à disposição do Senado.

“Coloco-me à disposição do Senado Federal. De forma respeitosa, buscarei contato com todos os membros, que têm a elevada missão de avaliar meu nome.Por fim, ao povo brasileiro, reafirmo meu compromisso com a Constituição e o Estado Democrático de Direito”, disse em nota divulgada em suas redes sociais.