Governo Federal repassa recursos para a conclusão da Barragem de Oiticica
Foto: Foto: Marcos Corrêa/PR

O Governo Federal anunciou, nesta quinta-feira (24), um repasse de mais R$ 38,2 milhões para concluir as obras da Barragem de Oiticica, no município de Jucurutu (RN). Quando concluída, de acordo com o Palácio do Planalto, a barragem atenderá 330 mil pessoas de oito cidades do Rio Grande do Norte contribuindo para a irrigação e geração de energia. O evento teve a presença do Presidente Jair Bolsonaro e ministros que também fizeram uma visita técnica ao local.

Segundo o Planalto, a barragem está com 90,81% das obras executadas e deve estar totalmente concluída até dezembro de 2021. O empreendimento receberá as águas do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco. Do total dos recursos, R$ 18 milhões são provenientes de emendas de bancada.

“Essa obra aqui não tem preço. Não são duzentos, trezentos milhões de reais. Isso aqui vale vidas, vale o futuro de uma geração, vale fazer nossos filhos melhores do que nós”, completou o Presidente. Ninguém tem terras agricultáveis como nós, ninguém tem tanta água doce como nós, recursos minerais”, afirmou o Presidente Jair Bolsonaro.

A barragem atenderá os municípios de Jucuturu, Caicó, Timbaúba dos Batistas, São Fernando, Jardins de Piranha, Cruzeta, São José do Seridó e São José do Sabugi. Nos dados do governo, a construção contribuirá com o controle das cheias na região e permitirá uma ampliação de até 10 mil hectares da área irrigada da Bacia Piranhas-Açu. Além de gerar energia de 3,52 MW, o suficiente para atender uma cidade de 140 mil habitantes.

Barragem de Oiticica: Melhorias para a população e investimentos

O entorno da barragem também será revitalizado. O empreendimento está em fase final de execução e terá 176 moradias, com previsão de beneficiar cerca de 700 pessoas. Estão sendo construídos, ainda, creche, escola, igreja, cemitério, posto de saúde, centro comercial, praças, quadra poliesportiva e a sede da associação de moradores.

A responsabilidade das obras, segundo o Palácio do Planalto, é do estado, com apoio financeiro da União. O investimento total é de R$ 657,2 milhões, sendo R$ 638,2 milhões do Governo Federal. Desde 2019, foram repassados R$ 291,6 milhões para o empreendimento, o que corresponde a cerca de 45,7% do valor de repasse.

Essas, e outras notícias, você também encontra na Arko Advice e no portal O Brasilianista