Tarcísio: meta é tornar o Brasil líder continental em infraestrutura de transportes
tcdb374 Transporte de cavaco na Ferrovia Norte Sul. Viagem de Palmas-TO a Anápolis-GO. Dezembro 2016 Foto: Tina Coêlho/Terra Imagem

A inclusão dos trechos II e III da Ferrovia de Integração Oeste-Leste (Fiol) na carteira do PPI permitirá a criação de um novo eixo ferroviário entre o interior de Mato Grosso e o litoral sul da Bahia. A previsão é publicar o edital no primeiro trimestre de 2023 e fazer o leilão no último trimestre do ano. Os investimentos deverão situar-se na faixa de R$ 9,8 bilhões.

O trecho II inicia-se em Caetité e estende-se até Barreiras, no oeste baiano, com 885 quilômetros. As obras encontram-se a cargo de dois Batalhões de Engenharia e Construção do Exército: 4º BEC, sediado em Barreiras (BA); e 2º BEC, sediado em Araguari (MG).

O trecho III, que segue de Barreiras a Tocantinópolis (TO), com 505 quilômetros, ncontra-se ainda na fase de projeto a cargo da EPL, empresa vinculada ao Ministério da Infraestrutura.

No dia 8 de abril, a Bahia Mineração S/A (Bamin) arrematou o primeiro trecho leiloado da Fiol, identificada como EF-334. A Bamin pagou R$ 32 milhões e não teve concorrente na disputa.

A Vale inicia neste semestre a construção de um trecho de outra malha (Fico), interligando a Ferrovia Norte-Sul ao município de Água Boa (MT), centro produtor de grãos. Somando-se aos dois trechos da Fiol, fica assegurado o acesso por trem ao litoral baiano.

Leilão da Ferrogrão

Durante evento on-line promovido pelo banco Santander na semana passada, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que o leilão da Ferrogrão deve ocorrer no segundo semestre e que os entraves legais existentes serão superados. A ferrovia ligará Sinop, no centro de Mato Grosso, ao porto fluvial de Miritituba, no rio Tapajós, ao sul
do Pará.

“O Brasil precisa da Ferrogrão. Vai ser divisor de águas e regulador de tarifas (de frete)”, afirmou o ministro, acrescentando que o processo caminha para a obtenção do selo verde, que “vai tirar o risco de imagem que alguns interessados às vezes observam”. Com 933 quilômetros, a Ferrogrão terá papel estruturante no escoamento da produção de grãos do Centro-Oeste e de outros produtos, como fertilizantes, açúcar e etanol.