Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, disse na quarta-feira (17) que o governo federal espera receber 230,7 milhões de doses da vacina contra a COVID-19 até julho. Cronograma foi divulgado em encontro com Fórum de Governadores. O site Poder360 listou o total de doses esperado por mês:

  • Fevereiro: mais 11,3 milhões de doses;
  • Março: 46 milhões de doses;
  • Abril: 57,2 milhões de doses;
  • Maio: 46,2 milhões de doses;
  • Junho: 34,6 milhões de doses;
  • Julho: 16,5 milhões de doses.

Deste total, serão recebidas 2 milhões da vacina de Oxford, já importadas da Índia. Além disso, 8 milhões serão recebidas pelo Covax Facility – o consórcio da Organização Mundial da Saúde (OMS) para garantir que países em desenvolvimento recebam a vacina. A Fiocruz deve entregar mais 110 milhões de doses no 2º semestre, sendo estas de produção 100% nacional.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB) anunciou também na quarta-feira que o Instituo Butantan deve antecipar a entrega de 54 milhões de doses da CoronaVac para agosto (antes, a entrega era prevista para setembro). A partir da próxima terça-feira (23), o Butantan entregará cerca de 3,4 milhões de doses da vacina para o Ministério da Saúde.