Início Notícias Lira e Pacheco declaram compromisso com as reformas e com Auxílio Emergencial

Lira e Pacheco declaram compromisso com as reformas e com Auxílio Emergencial

Novos presidentes da Câmara e do Senado também visitaram Bolsonaro como símbolo de pacificação entre os Poderes

Ato Simbólico de Assinatura de Declaração Conjunta com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco e Presidente da Câmara, dep. Arthur Lira (PP - AL). Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Dois dias após a eleição, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), e o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), assinaram uma declaração conjunta de compromisso com as reformas e a pauta econômica do governo federal. Prometeram que vão se reunir com os relatores das reformas Tributária e Administrativa e definir prazos para a apresentação dos relatórios. O mesmo se aplica à PEC dos Fundos Públicos e à PEC Emergencial.

Os novos presidentes também se comprometeram a avaliar uma possível prorrogação do Auxílio Emergencial.

“Vamos analisar as possibilidades fiscais, respeitando o Teto de Gastos, avaliar alternativas de oferecer a segurança financeira através de Auxílio Emergencial àqueles brasileiros e brasileiras em dificuldade por conta da pandemia”, declarou Rodrigo Pacheco.

A declaração diverge do que vem defendendo o governo, que diz que não há recursos para a prorrogação do benefício.

“O cenário em análise é a ampliação do Bolsa Família. Votar o Orçamento é fundamental, é uma das matérias importantes do Congresso; precisamos votar o Orçamento e, dentro dele, encontrar espaço para ampliar o Bolsa Família, atendendo mais brasileiros”, declarou o líder do governo na Câmara, Eduardo Barros (PP-PR)

Visita a Bolsonaro

Logo após a assinatura da declaração, os presidentes da Câmara e do Senado foram até o Palácio do Planalto, para simbolizar que vão buscar pacificar a relação entre o Legislativo e o Executivo.

“Apresentamos aos presidentes da Câmara e do Senado uma sugestão de pauta voltadas para economia, saúde, pandemia e reforma do estado. O clima é de harmonia entre os Poderes”, declarou o presidente da República, Jair Bolsonaro.

Tanto Lira como Pacheco eram os candidatos apoiados por Bolsonaro.