Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil

O Banco Central (BC) anunciou nesta sexta-feira (29) que a dívida pública em dezembro chegou a 89,3% do Produto Interno Bruto (PIB). Foi um aumento de 0,6 ponto percentual em relação a novembro, e de 15 pontos no ano. É o maior nível da história.

A dívida, que já estava em trajetória de alta antes do início da pandemia, piorou com a chegada da COVID-19 no Brasil. O governo foi obrigado a gastar mais dinheiro com programas emergenciais e linhas de crédito para sustentar a crise econômica.

O BC projetava, no entanto, uma alta maior. Segundo o banco, a expectativa era que 2020 fechasse com a dívida pública acima dos 90%.