O governo dos Estados Unidos anunciou que irá doar vacinas contra a covid-19 para o Brasil. De acordo com nota do Itamaraty, serão repassadas até final de junho aproximadamente 6 milhões de doses de imunizantes ao governo brasileiro por meio do mecanismo da Covax Facility.
Foto: Tânia Rêgo/Agência Brasil

Após a fala de Bolsonaro de que estaria negociando a disponibilização de vacinas da Oxford/AstraZeneca para o mercado privado brasileiro, a empresa veio a público para afastar a possibilidade.

“No momento, todas as doses da vacina estão disponíveis por meio de acordos firmados com governos e organizações multilaterais ao redor do mundo, incluindo da Covax Facility, não sendo possível disponibilizar vacinas para o mercado privado”, diz nota enviada pela AstraZeneca.

“Nos últimos 7 meses, trabalhamos incansavelmente para cumprir o nosso compromisso de acesso amplo e equitativo no fornecimento da vacina para o maior número possível de países ao redor do mundo”, conclui.

O plano que era ventilado por empresários com o governo federal era de importar 33 milhões de doses da vacina. Desse número, metade seria doado ao SUS. Saiba mais.