O Banco do Brasil anunciou nesta segunda-feira (11) que abrirá dois Programas de Demissão Voluntária com previsão de adesão de cerca de 5 mil funcionários. Também foi dito que serão fechadas 361 unidades (sendo 112 agências, 7 escritórios e 242 postos de atendimento). Os cortes serão realizados no primeiro semestre deste ano.

O programa é de adesão voluntária e de caráter pessoal. Incentivos para a adesão variam de acordo com condições estabelecidas por cada programa e pelas condições de cada funcionário. Além disso, será feito o compartilhamento de 85 unidades de negócios para aproveitar o espaço existente.

Em comunicado distribuído ao mercado, o Banco do Brasil disse que “a reorganização da rede de atendimento objetiva a sua adequação ao novo perfil e comportamento dos clientes e compreende, além das medidas de otimização de estrutura, outros movimentos de revisão e redimensionamento nas diretorias, áreas de apoio e rede, privilegiando a especialização do atendimento e a ampliação da oferta de soluções digitais”.