Foto: Carolina Antunes/PR

Expectativa com a possibilidade de a Anvisa autorizar o uso emergencial da CoronaVac. Alguns parlamentares continuam o esforço de tentar viabilizar uma convocação extraordinária do Congresso Nacional. Partidos podem se posicionar sobre a sucessão na Câmara e no Senado. Bolsonaro sanciona lei que trata da dívida de estados e municípios. Veja a seguir os principais itens da agenda.

Próxima semana

✓ A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) pode decidir sobre o uso emergencial, em caráter experimental, da vacina Coronavac.

Bancada do MDB no Senado pode anunciar candidato da legenda à sucessão de Davi Alcolumbre (DEM-AP).

✓ Prevista reunião da bancada do Solidariedade para discutir eleição para a presidência da Câmara.

Segunda, 11/01

✓ Prevista reunião de governadores com representantes da Anvisa, com o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), integrantes do Supremo Tribunal Federal e representantes da Fiocruz e do Instituto Butantan para discutir cronograma de vacinação contra o coronavírus.

✓ O deputado Arthur Lira (PP-AL), candidato à presidência da Câmara, concede entrevista coletiva às 11h.

✓ A bancada do PT no Senado se reúne para discutir sucessão de Davi Alcolumbre (DEM-AP).

✓ IBGE divulga IPCA de 2020.

Terça, 12/01

✓ O deputado Baleia Rossi (MDB-SP), candidato à presidência da Câmara, tem encontros políticos em Santa Catarina.

Quarta, 13/01

✓ Prazo final para o presidente Jair Bolsonaro sancionar o projeto sobre renegociação da dívida dos Estados.

Bancada do Podemos no Senado, que tem 10 senadores, se reúne nesta quarta ou quinta-feira, para discutir eleição para a presidência da Casa.

✓ A Confederação Nacional da Indústria (CNI) divulga o Índice de Confiança do Empresário Industrial.

Quinta, 14/01

✓ O presidente Jair Bolsonaro promove live, às 19h, para apresentar o seu balanço da semana.