Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O Ministério da Educação (MEC) abrirá 93 mil vagas para contratos no Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o ano de 2021. O número foi divulgado no Plano Trienal do Fies, publicado nesta segunda-feira (4) no Diário Oficial da União. Os anos de 2022 e 2023 também deverão registrar a mesma quantidade de vagas.

A pasta havia divulgado em 2019 que tinha a intenção de reduzir o número de vagas para o programa a partir deste ano. Entretanto, a previsão não foi concretizada. O Fies promove duas edições por ano, e a do primeiro semestre abrirá vagas de 26 a 29 de janeiro. Serão usadas as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de anos anteriores. Ainda não foi divulgada a quantidade de vagas para a primeira edição.

Prazos de renegociação prorrogados

O prazo para renegociação do Fies foi prorrogado na quinta-feira (31) até o dia 31 de janeiro de 2021. A decisão foi tomada pelo Comitê Gestor do Fies para que mais estudantes tivesses a oportunidade de renegociar suas dívidas. Em 2019, a taxa de inadimplência do programa cresceu. Mais de 560 mil contratos estavam em abril com pelo menos 90 dias de atraso. Em dezembro, o número chegou a 700 mil.

Poderão participar da renegociação alunos cujos contratos foram firmados até o segundo semestre de 2017, com débitos vencidos e não pagos até 10 de julho de 2020. Além disso, os contratos não podem ser objeto de ação judicial.