Semana na política: recesso, manifestações e nomeações
Foto: Leonardo Sá/Agência Senado

Ao longo da semana, devem avançar os entendimentos em torno da PEC dos Gatilhos, que visa regulamentar o teto de gastos. A PEC tenta também viabilizar recursos para cobrir o Renda Cidadã, programa social que deve substituir o Bolsa Família. O relator da matéria, que tramita no Senado, é Márcio Bittar (MDB-AC).

Os gatilhos buscam, principalmente, conter o gasto com pessoal. O texto também poderá trazer corte de benefícios e incentivos tributários.

Há ainda uma discussão em curso para incluir nesse texto a chamada PEC dos Fundos, cujo objetivo é desvincular recursos orçamentários da ordem de R$ 180 bilhões que estão “empoçados” e não podem ser utilizados para fins diferentes daqueles para os quais foram criados.

O governo se esforça para que a matéria seja votada no Senado até o dia 15 de dezembro. Como o texto depois tem de seguir para a análise da Câmara, a votação conclusiva deve ficar para o próximo ano.


*Análise Arko – Esta coluna é dedicada a notas de análise do cenário político produzidas por especialistas da Arko Advice. Tanto as avaliações como as informações exclusivas são enviadas primeiro aos assinantes. www.arkoadvice.com.br