Investimentos estrangeiros diretos no Brasil registraram em outubro um volume 14% menor do que o registrado em setembro. Foi uma queda de US$ 2 bilhões para US$ 1,8 bilhão. Os dados foram divulgados pelo Banco Central (BC) na quarta-feira (25).

O principal motivo para a queda foi a pandemia da COVID-19, que prejudicou estes tipos de investimentos. Desde o início da crise, o número de investimentos estrangeiros diretos no país vem caindo consideravelmente. Em agosto, foi registrado o menor valor desde março: US$ 1,5 bilhão.