Divulgação

A Polícia Federal, junto da Procuradoria-Geral de Justiça do Estado de Rondônia, deflagrou a Operação Reciclagem na última sexta-feira (26), na qual prenderam preventivamente quatro prefeitos e um ex-deputado por crimes contra a Administração Pública, depois de serem flagrados recendo dinheiro vivo em grandes volumes.

Somente na casa do prefeito do município de Rolim de Moura, Luiz Ademir Schock, foram apreendidos cerca de R$ 5 milhões em dinheiro e joias. Além de Schock, foram presos os prefeitos de Ji-Paraná, Marcito Aparecido Pinto, de Cacoal, Glaucione Rodrigues, e de São Francisco do Guaporé, Gislaine Clemente, bem como o ex-deputado Daniel Neri.

A investigação da Operação Reciclagem, de acordo com a Polícia Federal começou em dezembro do ano passado e contou com a colaboração de um empresário do estado que resolveu denunciar os ilícitos após ser confrontado com tentativas de receptação de propina, e os mandados de prisão foram emitidos juntamente ao atestado de afastamento dos gestores de suas funções públicas, além do bloqueio de mais de R$1,5 milhão dos investigados. Outros doze mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nos municípios dos respectivos prefeitos.