Foto: Divulgação/Time for Argentina

O presidente da Argentina, Alberto Fernández, anunciou nesta sexta-feira (14) que a quarentena no país está prorrogada até o dia 30 de agosto, sem alteração quanto às flexibilizações já feitas. A data poderá ser alterada.

Segundo Fernández, as regras não serão afrouxadas porque o número de casos de COVID-19 continua crescendo no país. Por dia, são cerca de 7.000 novas infecções diárias. Segundo ele, o sistema de saúde ainda está dando conta da demanda, mas o aumento de casos está preocupante.