Marcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo levantamento realizado pelo jornal O Globo, o governo calcula ter economizado R$ 466,4 milhões entre os meses de abril e junho com a realização de home office pelos servidores públicos. De acordo com o Ministério da Economia, houve redução de gastos em uma série de áreas.

A maior economia foi de gastos com viagens, uma redução de R$ 271,4 milhões em comparação com o mesmo período do ano passado. Em seguida, gastos com energia elétrica (redução de R$ 127,9 milhões) e com Correios (redução de R$ 48,7 milhões).

Cerca de 360 mil servidores estão trabalhando de casa.