Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde registrou, nesta quarta-feira (29), a maior quantidade de infecções e óbitos confirmados em 24h desde que começou a pandemia. Foram 69.074 novos diagnósticos da doença e 1.595 vidas perdidas. O balanço total da pasta contabiliza 2.552.256 infectados e 90.134 vítimas fatais do novo coronavírus.

Segundo a pasta, houve um aumento de 36% dos casos confirmados da 29ª semana para a 30ª semana epidemiológica, que se encerrou no último sábado (25). Esse aumento foi motivado pela reabertura do comércio e a queda do isolamento social, bem como a falta de controle sobre a taxa de transmissão do vírus.

O crescimento de casos nas regiões do Brasil foi maior no Centro-Oeste (63%), seguido do Sudeste (51%), Nordeste (27%), Sul (25%) e Norte (8%).