Foto: Sérgio Lima/Poder 360

A Operação Lava Jato denunciou, nesta sexta-feira (3), o senador José Serra e sua filha, Verônica Allende Serra, por lavagem de dinheiro no exterior e corrupção, em favor de agentes políticos. A Polícia Federal cumpre oito mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro e em São Paulo.

A denúncia do Ministério Público indica que Serra recebeu, entre 2006 e 2007, pagamentos indevidos da Odebrecht, por meio de uma rede de offshores no exterior, em troca de benefícios nas obras do Rodoanel Sul. O senador não está em sua residência em SP. Há indícios de que ele se isolou em uma casa na Bahia com a família desde o início da crise do coronavírus. Nenhum mandado de prisão foi cumprido até o momento.