Foto: Geraldo Magela/Agência Senado

O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na saída do Palácio da Alvorada, em conversa com um grupo de apoiadores, que a educação do Brasil “está horrível” e que pode escolher um novo ministro ainda hoje.

Após a carta de demissão de Cargos Decotelli nesta terça-feira (30) por conta das falsas informações em seu currículo, Bolsonaro escolherá o quarto ministro para ocupar o cargo.

A indicação para o novo titular da pasta gerou uma nova disputa entre as alas militar e ideológica do governo. Segundo a Folha, o atual reitor do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Anderson Ribeiro Correia, é o nome mais forte no momento.