Foto: DeAgostini/Getty Images

O cientista político Murillo de Aragão foi entrevistado nesta terça-feira (23) pelo jornalista Augusto Nunes, da Veja, na ocasião do lançamento de seu novo livro “Ano Zero: Reflexões sobre a política e a economia no pós-pandemia”. A live foi edição de estreia do programa Veja Insights e pode ser vista ao final da matéria.

Na entrevista, Aragão disse que em março já tinha certeza que a pandemia do coronavírus seria uma crise de grandes dimensões para o Brasil, com múltiplas repercussões. Destacou o fato de imaginar que seria uma grande crise de liderança.

“Eu via que, pela primeira vez na história do Brasil, nós nos deparamos com alguma coisa da proporção de uma guerra mundial”. Para o cientista político, o inimigo não está nos fronteiras, e sim circulando invisível. Esta foi a provocação inicial que o levou a escrever o livro.