Foto: Athit Perawongmetha/Reuters

A União Europeia está analisando relatórios sobre a situação do coronavírus em diversos países para elaborar a lista das nações suficientemente seguras para a reabertura das fronteiras com o bloco a partir de 1º de julho.

As fronteiras externas da UE estão fechadas desde 16 de março, com exceção para viagens extremamente necessárias, como a repatriação de europeus. Nesta quarta-feira (24), haverá uma reunião com os embaixadores para fixar uma primeira lista de países.

Os três critérios básicos para a reabertura são: sanitário-epidemiológicos, de reciprocidade e vínculos com a UE. Os países que não tem conseguido controlar a pandemia, como Estados Unidos, Brasil e Rússia (os três primeiros no ranking de contaminação), devem ficar de fora.