Foto: Ozimpio Sousa/Flickr

As negociações em torno do texto da Medida Provisória 944, que trata de linhas de crédito para empresas financiarem suas folhas de pagamento, ainda prosseguem e devem adiar a votação para a próxima semana.

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM/RJ), quer que o texto do relator, deputado Zé Vitor (PL/MG), corrija falhas na MP que têm impedido que os recursos “cheguem na ponta”.

Está prevista para hoje uma reunião com técnicos do Banco Central para últimos ajustes. A previsão é que o relatório seja entregue amanhã, último dia de sessão nesta semana, o que inviabilizaria a votação por falta de tempo.

Há ainda na pauta outras matérias também complexas, cuja análise deve ocupar espaço considerável na agenda de uma semana mais curta em razão do feriado de Corpus Christi. É o caso da MP 927, sobre medidas trabalhistas emergenciais durante o período de pandemia de Coronavírus.