Foto: Pillar Pedreira/Agência Senado

O Supremo Tribunal Federal julga, na quarta-feira (10), sobre a continuidade do inquérito instaurado pela Corte para investigar fake news e ataques a ministros do Tribunal. No ano passado, o partido Rede Sustentabilidade entrou com a ação no STF pedindo o arquivamento do inquérito. Há alguns dias pediu desistência da ação. Mas o ministro Edson Fachin negou. Fachin destacou o entendimento do Supremo de que o autor de uma ação não pode desistir do caso, porque deve prevalecer o interesse público envolvido na discussão.

O ministro responsável pelo inquérito é Alexandre de Moraes. O Palácio do Planalto é contra o inquérito. Há no TSE processos que pedem a cassação da chapa Jair Bolsonaro-Hamilton Mourão por uso irregular de mídias sociais. Moraes determinou a quebra do sigilo bancário e fiscal de empresários bolsonaristas no intervalo de julho de 2018 a abril de 2020, abrangendo, portanto, o período das últimas eleições presidenciais.