Foto: Divulgação/Santos

Dados da Organização Mundial do Comércio (OMC) apontam que o Brasil não se encontra entre os maiores exportadores de bens e serviços. No quesito de exportação de bens, o país está na vigésima-sétima posição; e entre os importadores está em vigésimo-oitavo lugar.

Sobre o comércio de serviços, o Brasil está atrás de países como Luxemburgo, Bélgica e Itália, não figurando entre os 15 primeiros postos. O maior exportador mundial de serviços, os Estados Unidos, teve um faturamento de US$ 824 bilhões.

No tocante às importações, o Brasil ocupou a vigésima-quarta posição, com um total de US$ 67 bilhões, equivalentes a 1,2% dos negócios envolvendo serviços em todo mundo, atrás de países como a Austrália (US$ 71 bilhões), Dinamarca (US$ 72 bilhões) e Emirados Árabes (US$ 73 bilhões). O ranking foi liderado pelos Estados Unidos, com importações no valor de US$ 571 bilhões.

Artigo anteriorBolsonarismo x Antibolsonarismo
Próximo artigoPublicada MP para preservar empresas exportadoras
Escritor, Jornalista e Cientista político, com foco em Accountability, formado pela Universidade de Brasilia. Pós-graduado em Relações Institucionais pelo Instituto Brasileiro de Mercado de Capitais (IBMEC). Especialista em Processo Legislativo Federal e Ética e Administração. Exerce a função de analista político na Arko Advice, com dez anos de experiência, atua com o desenvolvimento de estratégias, mapeamento de stakeholders, consultoria e na elaboração de análises setoriais.