Foto: Antonio Cruz/Agência Brasil

A pesquisa Datafolha divulgada hoje (30) aponta que caiu a avaliação negativa do Supremo Tribunal Federal (STF) e do Congresso Nacional.

Em relação a dezembro do ano passado, o índice ruim/péssimo do STF caiu 13 pontos (de 39% para 26%). A avaliação positiva da Suprema Corte teve uma alta de 11 pontos (de 19% para 30%). Nota-se que a polarização do país também se reflete na avaliação sobre o STF.

A avaliação positiva do Congresso, por sua vez, melhorou. A desaprovação do Poder Legislativo caiu 13 pontos percentuais (de 45% para 32%). Apesar da melhora, o índice ótimo/bom é de apenas 18%, quatro pontos a mais que o registrado em dezembro de 2019. A avaliação regular subiu nove pontos, atingindo 47%.

Impeachment de Bolsonaro divide o país

De acordo com o Datafolha, 50% dos entrevistados entendem que o Congresso não deve abrir um processo de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro. Para 46%, o processo deveria ser aberto. Os índices são muito similares ao registrados no final de abril, quando 48% eram contrários ao impeachment e 45% favoráveis.

Questionados sobre uma eventual renúncia de Bolsonaro, 50% são contrários e 48% favoráveis.

Os números da sondagem sobre impeachment e renúncia reforçam o ambiente de forte polarização existente no país. Mesmo com essa divisão, o resultado é favorável ao presidente, pois mesmo diante da forte oposição que sofre, principalmente dos principais meios de comunicação – e diante da mais grave crise sanitária da história – metade da opinião pública está ao lado de Jair Bolsonaro. Além disso, Bolsonaro possui uma base social aguerrida e com forte capacidade de mobilização nas redes sociais e também nas ruas.