Foto: Aly Song/Reuters

O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, disse nesta sexta-feira (22) que o governo não fixará meta para o Produto Interno Bruto (PIB) em 2020. Segundo ele, é um reconhecimento sobre os desafios que o país enfrenta durante o combate ao coronavírus.

Essa é a primeira vez desde 1994 que a China não divulga uma meta numérica. No ano passado, o país registrou um ganho de 6,1%. Foi o menor em quase trinta anos. No primeiro trimestre deste ano, o registrou sua primeira contração econômica e mais de quatro décadas. O recuo foi de 6,8% em comparação com o mesmo período do ano anterior.