Foto: Rodrigo Capote/Bloomberg/Getty Images

O diretor-executivo da Organização Mundial da Saúde (OMS), Michael Ryan, disse nesta sexta-feira (22) que a América Latina é o novo epicentro da pandemia do coronavírus, e que o Brasil é o país que mais gera preocupação. De quarta para quinta, o Brasil passou dos 20 mil mortos pela doença.

Ryan afirmou que, embora o maior número de casos no Brasil seja em São Paulo, a situação mais séria é no Amazonas. O estado tem o maior número de casos em relação à população.

O representante da OMS reforçou também que ainda não há evidências de que o uso da cloroquina seja eficaz para o combate da doença. A indicação é que o uso do medicamento seja apenas em estudos clínicos e sob acompanhamento médico. A informação foi publicada pela Folha de S. Paulo.