Foto: Lukasz Cynalews/Agência Gazeta

Michael Ryan, diretor de emergências da Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmou nesta quarta-feira (20) que a cloroquina e a hidroxicloroquina não têm eficácia comprovada no tratamento da COVID-19. Ryan disse também que os medicamentos podem causar efeitos colaterais e que as substâncias só devem ser usadas em ensaios clínicos.

Declarações da OMS foram feitas após a divulgação das novas orientações do Ministério da Saúde que indicam que os medicamentos sejam usados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no tratamento contra o coronavírus desde o primeiro dia de sinais e sintomas. Ryan disse que “muitos países limitaram o uso dela para ensaios clínicos, sob supervisão de médicos em hospitais – especificamente para COVID-19, por causa de um número de efeitos colaterais potenciais que ocorreram e podem ocorrer”.