Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Segundo matéria do Valor Econômico, que conversou com um auxiliar do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, o presidente Jair Bolsonaro avisou que ele será exonerado do cargo. A previsão é que a substituição ocorra nos próximos dias.


Mandetta é favorável ao isolamento social e criticou, em diversas oportunidades, a falta de uma narrativa conjunta no governo. As tensões aumentaram após entrevista para o Fantástico, que fez com que o ministro perdesse apoio da ala militar do governo.

Para a substituição, há alguns nomes prováveis, que estão sendo discutidos às pressas. Os nomes mais cotados são  o deputado e ex-ministro da Cidadania Osmar Terra, a médica imunologista Nise Yamaguchi e o diretor-presidente substituto da Anvisa, Antônio Barra Torres.