Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

A Câmara pode votar, esta semana, a Medida Provisória do Contrato Verde e Amarelo (MP nº 905/19), que, entre outras medidas, reduz encargos e direitos trabalhistas para facilitar a contratação de jovens entre 18 e 29 anos e pessoas com mais de 55 anos que estão há um ano sem emprego. Os contratos serão de dois anos e o salário máximo foi estipulado em R$ 1.567,50.

A MP precisa ser aprovada até 20 de abril. Caso contrário, perderá validade. Uma vez aprovada pela Câmara, segue para o Senado.