Foto: Marcos Corrêa/PR

Em entrevista à rádio Jovem Pan nesta quinta-feira (2), o presidente Jair Bolsonaro disse que se não houver uma abertura gradual do comércio a partir da próxima semana, ele terá que tomar uma decisão. Bolsonaro defendeu que, em três semanas, que a economia volte à normalidade.

O presidente informou que há uma minuta de decreto pronta para ser assinada, caso os governadores e prefeitos que mantém o comércio fechado não “revejam suas posições”. “Entre morrer de vírus, que uma pequena minoria vai morrer; e uma parcela maior, que poderá morrer de fome, […] de problemas psiquiátricos entre outros, é uma diferença muito grande”, afirmou. “Se tiver que chegar a esse momento, eu vou assinar essa medida provisória”, concluiu.