Foto: José Cruz/Agência Brasil

O Governo anunciou linha de crédito emergencial para empresas que faturam de R$ 360 mil a R$ 10 milhões. O programa será exclusivo para folha de pagamento (limitado a dois salários) e terá duração de dois meses, sendo R$ 20 bilhões por mês (R$ 40 bilhões no total). Os juros serão de 3,75% ao ano, com seis meses de carência e 36 meses para o pagamento. Pela estimativa do governo, o objetivo é atingir 1,4 milhão de empresas e 2,2 milhões de pessoas

As empresas beneficiadas não poderão demitir por dois meses. De acordo com o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, serão anunciadas medidas para as microempresas.

A Caixa Econômica também anunciou a redução do juro rotativo do cartão de crédito para 2,9% ao mês.