Foto: Agência Brasília

O governo anunciou um pacote de medidas, nesta quarta-feira (18) que flexibilizam relações entre patrões e empregados em meio à crise do coronavirus e os impactos sobre a economia brasileira.

O Programa Antidesemprego abre a possibilidade da redução de salário e jornada de trabalho em até 50% e será encaminhado por meio de medida provisória ao Congresso Nacional.

A equipe econômica informou que as empresas deverão continuar pagando pelo menos o valor do salário mínimo e ainda, a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) não será alterada, mas não será aplicada durante a pandemia. 

Compartilhe