Divulgação

Na última quarta-feira (11), durante seminário promovido pela Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc) em Florianópolis, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) divulgou um estudo identificando 1,7 mil oportunidades para exportações de Santa Catarina.

Os dados foram publicados no documento “Santa Catarina – Perfil e Oportunidades de Exportações e Investimentos 2020”, apresentado pela Apex no evento, e que está disponível no site da Fiesc.

O estudo identificou setores com alto e baixo potencial exportador. Entre os seguimentos com maior potencial de vendas ao exterior estão: máquinas e equipamentos; moda, higiene pessoal e cosméticos; metalurgia e produtos de metal; produtos de borracha e de material plástico e produtos químicos. As oportunidades de exportação tem como destino China, Estados Unidos, Argentina, México e Paraguai.

Além da divulgação do estudo, durante o evento, a presidente da Câmara de Comércio Exterior da Fiesc, Maria Teresa Bustamante, destacou o Programa de Internacionalização da entidade, o Intercomp (International Competitiveness), que neste ano vai realizar um conjunto de ações em parceria com a Apex-Brasil e Sebrae-SC. Entre elas, destacam-se 25 eventos de internacionalização, 22 capacitações em comércio exterior, 18 missões internacionais e 16 seminários de inteligência comercial