Foto: Beto Barata/Agência Senado

O Congresso Nacional realizou uma sessão conjunta nesta terça-feira (3), onde foram escolhidos os 26 novos integrantes do Conselho de Comunicação Social, sendo 13 titulares e 13 suplentes, que irão ocupar o cargo por dois anos. O colegiado foi presidido no último mandato pelo cientista político Murillo de Aragão, da consultoria Arko Advice.

O CCS, que se reúne toda primeira segunda-feira do mês, conta com três representantes de empresas de rádio, televisão e imprensa escrita; um engenheiro especialista em comunicação social; quatro representantes de categorias profissionais e cinco da sociedade civil.

O conselho atua como um órgão auxiliar do Congresso Nacional, previsto no Art. 224 da Constituição Federal. Suas atribuições incluem a realização de estudos, pareceres e solicitações encaminhadas pelos parlamentares acerca da liberdade de expressão, monopólio e oligopólio dos meios de comunicação.