Foto: Daniel Lobo / IADB

No intuito de estimular os países da América do Sul a reduzir suas burocracias de comércio exterior, o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) está realizando e buscando convênios com entidades do setor industrial, no Brasil. A parceria foi acordada com a Confederação Nacional da Indústria (CNI).

O levantamento inicial da CNI foi de 368 oportunidades de melhorias no comércio exterior, em processos ou políticas públicas, com Paraguai, Uruguai e Chile. Entre as oportunidades, já foram feitas 263 propostas de solução. A redução das burocracias ajudará na fluidez e velocidade das tratativas com o Mercosul e com o Chile, podendo reduzir de 15 dias para 8, ou menos, um processo de exportação. Contudo, a redução precisa ser nas duas vias da negociação.

O Brasil possui a experiência da criação do Portal Único de Comércio Exterior e ajudou na elaboração de propostas para os três países. O portal, lançado em 2014, passou a ser um guichê único de interação entre o governo e os importadores e exportadores.