Foto: Reuters

A Organização Mundial da Saúde (OMS), alterou nesta segunda-feira (27) o alerta de risco do coronavírus. Agora, o risco internacional é elevado. O vírus, que surgiu na China, na cidade de Wuhan, já matou pelo menos 106 pessoas e quase 4 mil foram infectadas desde o final de dezembro.

O medo de uma epidemia fez com que as bolsas internacionais caíssem e o dólar subisse. No Brasil, o dólar americano chegou a R$4,22 (aumento de 0,60%). A Ibovespa recuou 3,29%, representando a maior retração desde 27 de março de 2019.

Para conter o avanço da doença, o governo da China estendeu o feriado do ano-novo chinês até o dia 2 de fevereiro. Com a falta de movimentação pelas ruas, o Produto Interno Bruto (PIB) da China pode cair em 0,8%. A Província de Hubei, que representa 4% da economia chinesa é o ponto central do vírus.

Compartilhe