Foto: Divulgação/Hypeness

O jovem biólogo mexicano, Carlos Monroy Sampieri, criador da empresa BiomiTech, desenvolveu um sistema onde microalgas acopladas em uma única torre podem fazer o trabalho de purificação do ar equivalente à 360 árvores.

A árvore possui um formato parecido ao de uma “árvore high-tech” e funciona a partir de biofiltração de poluentes no ar. Além das microalgas, o sistema possui sensores de monitoração da qualidade do ar e funciona totalmente por energia solar.

Monroy foi premiado com o prêmio de inovação Heineken Green Challenge por sua invenção. De acordo com ele, a torre ainda pode gerar biomassa para utilizar em compostos químicos ou combustível. A ideia do biólogo é produzir quatro modelos de torres: para uso doméstico, em pequenas empresas, em complexos industriais e outra para locais públicos.

Compartilhe