Foto: Marcos Santos/USP Imagens

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta terça-feira (14), que o salário mínimo de 2020 sofrerá ajustes dos atuais R$1.039 para R$1.045, com o objetivo de repor a inflação de dezembro, considerada atípica. 

O governo havia divulgado o valor do salário mínimo, tradicionalmente, antes da inflação oficial de 2019. Os cálculos foram baseados em uma projeção para a inflação de 3,86%, oficialmente a inflação foi de 4,48%.

A alteração entra em vigor a partir de 1º de fevereiro e será implementada por meio de uma nova Medida Provisória, que será enviada ao Congresso. O aumento de R$6 no salário mínimo resulta em um impacto de R$2,13 bilhões nas contas públicas. 

Compartilhe