Foto: Danilo Mello

Diplomatas árabes de países do Levante e do Norte da África visitaram Manaus entre os dias 09 e 12 de novembro, visando conhecer e potencializar parcerias nessa região. A programação dos diplomatas inclui reuniões com o governador do estado, com o prefeito de Manaus e com o superintendente da Zona Franca de Manaus (Suframa), além de uma visita à fábrica da Honda, encontro com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam) e participação no seminário “Oportunidades de Negócios e Investimentos entre Manaus e os Países Árabes”.

Fazem parte da missão embaixadores da Palestina, Mauritânia, Marrocos,  Sudão, Egito e da Liga dos Estados Árabes,  os encarregados de negócios da embaixada da Jordânia e da Líbia, além  do chefe da divisão do Oriente Médio do Itamaraty, do vice-presidente Administrativo da Câmara de Comércio Árabe Brasileira e o secretário-geral da entidade.

O secretário-geral da Câmara de Comércio Árabe Brasileira, Tamer Mansour, afirmou que o Amazonas é um importante estado por ser porta de entrada aos produtos mais exportados dos países árabes pelo brasil, como fosfato, fertilizantes e seus derivados, e também por ser o único estado brasileiro “que tem uma zona franca que funciona, a Zona Franca de Manaus, que pode ser um gancho para aumentar os investimentos árabes no estado”.

Compartilhe