Divulgação

O deputado Marco Feliciano (Pode-SP) pode ser convocado a depor na CPI Mista das Fake News, que investiga as falsas notícias em redes sociais e também o assédio virtual. O requerimento foi feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

Um áudio divulgado revela que Feliciano pede a um aliado ajuda para “organizar um grupo de pessoas para espancar” Randolfe no Twitter. A ação foi motivada por um anúncio de que o senador faria uma apresentação contra Jair Bolsonaro por obstrução de justiça no caso Marielle Franco. 

“As linguagens do ódio têm sido disseminadas nas redes sociais, têm sido propagandeadas para aniquilar adversários e para aniquilar todos aqueles que se oponham a este governo. Não só aniquilar adversários, aniquilar personalidades públicas, aniquilar aqueles que ousam, em algum momento, divergir. Isso não é democracia, isso não é da política”, afirmou Randolfe.