Marcos Oliveira/Agência Senado

A Comissão mista que investiga as fake news, notícias falsas em redes sociais, e assédio virtual, aprovou os depoimentos de membros do governo federal nesta quarta-feira (23). Dois integrantes foram convocados, Fábio Wajngarten, secretário especial de Comunicação Social da Presidência, e Filipe Martins, assessor especial da Presidência para assuntos internacionais.

A CPI mista também aprovou convites ao ex-líder da bancada na Câmara, Delegado Waldir (GO) e a Joice Hasselmann (SP), ex-líder do governo no Congresso. Além disso, o depoimento do ex-ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Carlos Alberto dos Santos Cruz também foi aprovado.

Dos 96 requerimentos em pauta da CPI, 67 foram aprovados. Convidaram também, jornalistas e representantes de portais de checagem de notícias, como o E-Farsas, Aos Fatos, Agência Lupa, Estadão Verifica e Fato ou Fake.

Compartilhe