Pablo Valadares/Câmara dos Deputados

A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados se dispôs a acompanhar a situação da demarcação das terras do índios Xucuri-Kariri, residente de Palmeira dos Índios (AL). A Justiça determinou, em 2017, que a união faça a demarcação definitiva do território em um prazo de cinco anos, sem possibilidade de impetração de recurso, mas a Funai ainda não deu início ao processo regulatório, alegando ter somente uma equipe para lidar com casos do gênero.

Atualmente, no território dos Xucuri-Kariri, há 500 posseiros utilizando ilegalmente a terra em minifúndios, e não há infraestrutura básica para acolher os indígenas – segundo eles, que estiveram presentes nesta terça-feira (27) na Câmara, não há postos de saúde ou escolas próximos às aldeias.

Compartilhe