Divulgação
Spread the love

            Indiscrições dão conta de que a União Europeia, por meio de uma Comissão criada com este fim, estaria investigando a Libra, criptomoeda a ser lançada pela plataforma Facebook. A Comissão teria enviado questionários a grupos envolvidos com o produto, após o anúncio das intenções da empresa ter suscitado preocupações tanto de governos quanto do sistema bancário.

Além da competitividade, existe a preocupação de que o Facebook possa lançar mão das informações de seus usuários para impulsionar a nova empreitada — levando em conta o escândalo envolvendo a companhia Cambridge Analytica, quando milhões de usuários tiveram seus dados vazados e se tornaram alvos durante a última eleição americana e o referendo do Brexit.

A rede social tem planos de estender o serviço também para o Messenger e o Whatsapp.