Getty Images
Spread the love

A agressividade de Emmanuel Macron, presidente francês, contra o Brasil por questões ambientais provoca a reflexão se a França deveria sofrer retaliações comerciais desde já.

Setores do Palácio do Planalto observam a situação e avaliam se retaliações poderiam ser impostas.

A França é considerada um parceiro estratégico para o Brasil. Com destaque para o programa PROSUB que constrói submarinos no país.

No momento, governo estuda que setores podem ser alvo de sobretaxas. A mensagem de desagrado também será enviada a grandes investidores francês no Brasil como a Renault, Peugeot, entre outros.