Jung Yeon-je/AFP

Nesta quinta-feira (22), a Coreia do Sul anunciou que irá romper um acordo de cooperação de inteligência militar com o Japão. O episódio ocorreu após um recente aumento de tensão entre os países asiáticos. 

O Acordo Geral de Segurança de Informação Militar deveria ser renovado automaticamente, a menos que alguma das partes o cancelasse. O chanceler coreano informou que há pouca confiança no Japão. 

O ministro japonês, Taro Kono, expressou sua decepção sobre o caso. “Tenho que dizer que a decisão do governo sul-coreano de acabar com este pacto é um grande erro de julgamento da situação de segurança regional.”