Reprodução

Na quarta-feira (21), o Congresso analisa a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e vetos presidenciais. Entre estes, há o que previa a gratuidade de franquia de bagagem em aeroportos, iniciativa inserida por emenda parlamentar na medida provisória que abriu o setor aéreo ao capital estrangeiro.

Na LDO, está previsto um aumento do salário mínimo dos atuais R$ 998 para R$ 1.040 em 2020, com correção do valor apenas pela inflação. O texto aumentou a destinação de recursos destinados ao fundo eleitoral tendo em vista as eleições municipais de 2020 para até R$ 3,7 bilhões no próximo ano. O projeto da LDO prevê um déficit primário de R$ 124,1 bilhões para o Governo Central (Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central) em 2020. A meta fiscal deste ano é um déficit de R$ 139 bilhões. Até o dia 31 de agosto, o governo precisa enviar ao Congresso o Orçamento da União, com base nos parâmetros definidos na LDO.

Compartilhe